BC - Nostalgia em Fotos!!!

Olá, meninas...

Hoje vim participar do BC - Nostalgia em fotos que tá rolando lá no MR http://www.mamaesemrede.com/ 
Bom, esse tema é total minha cara, pois amo fotografias e claro também fotografar!!! E sou uma pessoa nostalgica... então, tudo certo para fazer esse BC.

Eita, são tantas fotos, tantos momentos que tenho vontade de lotar esse post de fotos, fotos, fotos... Uma overdose!!!
Mas só posso escolher algumas... então vamos ao momento nostalgia!!!


 Quem não sente saudade da barrigona? Aqueles movimentos do bebê no ventre, não tem sensação melhor!!! Nessa foto estava de 8 meses!

Aqui a primeira foto da Ana Bárbara... a bichinha já nasceu limpinha!!! =)


 Engordando e crescendo...

 Passeio de carro e encarando a mamãe!!!


 Ana Bárbara " A Independente" 


 A primeira papinha de banana...


 A 1ª viagem!



 Conhecendo alguns pássaros!!!


 O ínicio do amor com as "pequis" (chupetas).


 Andanças de andador...


 A 1ª foto com o Papai Noel


 O 1º biquini de bolinha...


 Sorriso gostoso!!!


 1º banho de chuva.

 
 Os primeiros dentinhos nascendo.


   Seus primeiros passos!!!

 
 1ª Páscoa!


 1º aniversário


 Festa!!!



 A 1ª queimadura na mãozinha!


 Fazendo careta com a mamãe!!!


1ª vez no sítio do vovô!

  
Tomando sol...

 Diversão na piscina!

 2º aniversário 



  A chapéuzinho vermelho!!!

 
Sim, eu tenho uma mocinha em casa!!!
 
 Minha princesa, minha vida, minha luz!!!

É isso meninas... beijinhos e até o próximo post!!!



A viagem (leia-se como nome de filme de terror)

Olá, mamães amigas e leitoras...

Bom, fui no fim de semana para o sítio do meu pai, para comemorar meu aniversário de 28 aninhos,(24/06). Pois é, tô ficando experiente!!! rs
E foi um FIASCO!!! Exatamente isso, um FIASCO, pra não ser má educada com minhas queridas leitoras, usarei esse linguajar. 

Decidimos ir pro sítio para passar o dia se acaso aparecesse "alguém de fora". E se não aparecesse até anoite, ficariamos até o domingo.
Ok, lá fomos nós 4 (Marido, meu irmão, a Babi e eu) para o sítio num dia nublado, mas o sol fazia seu explendido trabalho e conseguia afastar o dia cinzento dando lugar para um dia lindissímo, não tinha como não ser melhor.
As coisas começaram a ficar ruim, mas eu nem tinha me dado conta disso... Quando a caminho, senti uma "coisa estranha" e pensei "Acho que está vindo pra mim". Chegando no sítio a primeira coisa que fui averiguar, era se "ela" tinha vindo, e sim, ela veio pra me lascar, justamente NumDiaLindoNoSitioParaComemorarMeuAniversário.  Mas isso só foi amostra do que me aguardava!

Passamos um dia lindo, brinquei bastante, ri , levei a Babi no parquinho, foi um dia maravilhoso. 
Dormi a tarde com a Babi e claro, pra piorar tudo, tive um pesadelo e acordei chorando, quando abri os olhos a Babi estava me olhando, quase chorando, assustada comigo. Acalmei-a. 

Anoite, tava tudo muito lindo, quando derepente... Eis que chega uma "penca" de gente, que não sei de que buraco saiu...
Amigos e vizinhos da minha cunhada!
Todo mundo que me conhece um pouco que seja, sabe perfeitamente que sou uma pessoa chata de galocha, que não gosto de muvuca, não gosto de bagunça, sou uma pessoa anti-social mesmo.
Enfim...
Foi-se a minha paz e tranquilidade para o quinto dos inferno!
Foi uma coisa que não tenho como descrever a vocês, só posso dizer que foi deprimente e desconsertante. Mas mesmo assim vou tentar descrever o que senti.

Sabe aquele povo sem educação que chega na casa dos outros achando que são donos e nós que somos donos somos os convidados? Exatamente assim!!!
As pessoas chegam e nem sabem que é você, não sabem que você é dona do lugar.
Cheios de brincadeirinhas, coisa que não dei nenhum tipo de liberdade e muito menos confiança para a mesma.
Povo que chega sem um mínimo de bom senso, manda a gente desligar o nosso som porque trouxe uma máquina de música. Sabe aquelas máquinas de música que tem em bares? Exatamente essa.
O negócio foi feio mesmo. A Babi começou a  ficar sem entender nada, ficou toda agoniada, queria dormir comigo, e depois queria dormir com o pai. Nós não iamos dormir juntos. Foi um desastre. Ficamos muito na friagem, mesmo estando super agasalhados e ainda por cima tendo uma imensa jogueira de São João pra mim.
A Babi acabou com um pouco de paciência que eu ainda tinha, mas a culpa não era dela e sim daquele povinho que chegou e acabou com a minha farra do boi. Caramba, eu nunca vou pro sítio, e quando vou pra ficar em paz, e curtir meu aniversário, acontece o que aconteceu... é demais pra mim.
Fomos embora no domingo de manhãzinha. Isso que nem dormimos direito, porque a  música tava muito alta, gritaria, risadas, bebedeiras, affe, pensa numa zona, a Babi acordava toda hora, querendo o pai, e depois queria a mãe... pensa num inferno louco? Parecia mais um pesadelo do que vida real.
Deu até pra eu dar uma "rodadinha" na minha baiana, num momento Vera Verão!

Domingo de manhãzinha acordo com a Babi batendo na porta do quarto em que dormi dizendo..."Mamãe, bamo embola". Acordei num pulo já sai tacando cavaco pra sumir daquele lugar naquele instante!
Levantei, e tomei café, acordei meu irmão e logo estavamos na estrada a caminho da felicidade!!!
Mas tinha uma coisinha que estava acontecendo comigo, sim, estava me sentindo estranha, achando que estaria ficando doente.
Minha cunhada fez uma festchinha fofa pra mim, com bolo, salgadinhos, e presentinhos. Adorei demais!!!

Na segunda feira, era o dia do meu aniversário. Acordei com beijinhos e abraços do maridóón e da pequena jaguatirica. Uma farra, mas eu não conseguia reagir da maneira adequada e esperada de todos. Sim, eu estava doente. A marvada da gripe me pegou de jeito, na verdade havia pego todos de casa. Mas a que pegou eles era das pequenas e a minha era das brutonas mesmo, tipo a mãe alpha.
Tive febre de 40º, coisa que a décadas eu não tinha. E doia tudo, até lugares que eu nem sabia que tinha no corpo. Foi horrível. Fiquei de cama esses dias todos. Nem trabalhar eu fui. 
Que belo presente de aniversário, hein Universo, valeu!!!

Quase ninguém me ligou, e quem ligava pra mim, falava sobre outra coisa,  menos para me parabenizar pelos 28 anos de vida. Sabe, aquele aniversário que parecia piada, exatamente assim!!!
Tenho dois pais, um deles nem "tchum", nem ligou, nem nada. O outro foi me visitar com muito carinho. 
Um dos meus irmãos, fala comigo no telefone, sobre o que importava pra ele e nada de lembrar do meu dia. Enfim, essas coisas realmente acontece, mas sou uma pessoa 100% sentimental.
Amigos não posso dizer que tenho muitos, tenho mesmo os virtuais, que como já disse, valem muito a pena!
Acho que se não fosse as redes sociais, não sei o que seria de mim.
Mas como já ouvi em algum lugar, "A gente só se lembra do que é importante". Então, tááááá!!!
Fiquei muito feliz com quem me ligou, com quem me deixou recadinhos meigos e fofos no facebook. Obrigada à todos. Realmente vocês valem a pena na minha vida!!!
Pois é, esse aniversário não foi uns dos mais queridos da minha vida, me senti o coco do cavalo do bandido.
Mas, enfim... bora deixar isso pra lá e ser feliz!!!

Nessas fotos, era o tempo que ainda podiamos sorrir!!! hehe!





 Olha o detalhe da Babi com dedo no nariz. Eu tenho uma lady em casa!!!


 Minha irmã e minha cunhada
 Charlie, a peste!

 Olha o Lôro!!!

 Enquanto a gente era feliz e nem sabia!!!

 Mamãe e filhinha!!!


 Pensa numa cachorra linda?! Um "zóio" de cada cor!


Papai e Babi.

É isso...
Beijos 




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Licença Creative Commons
O trabalho Mundo cor de rosa de Babi de "Mundo cor de rosa de Babi" foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição - NãoComercial - SemDerivados 3.0 Brasil.